Seu pet já está vacinado contra a raiva?


A doença, apesar de controlada, ainda causa muitas preocupações; e exige, mais do que nunca, um cuidado redobrado ao cuidar dos pets.


Embora a raiva seja uma doença um tanto incomum nos dias de hoje, ela ainda deve ser considerada como uma grande preocupação para os donos de pets; ainda mais depois de um caso ter sido registrado aqui em nossa cidade recentemente.


A Secretaria da Saúde de São José do Rio Preto registrou, no dia 27 de julho, um caso de raiva em um gato, no bairro Rio Preto 1. Uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realizou gratuitamente uma campanha de vacinação de cães e gatos dos moradores do bairro a fim de prevenir mais casos; mas é importante lembrar os perigos da doença e ficar cada dia mais atento em relação a ela.


A raiva é causada por um vírus que afeta quase todos os mamíferos e é um mal que apesar de estar controlado, ainda preocupa muito pelo fato de não haver cura e a taxa de mortalidade ser de quase 100%. A doença apresenta como sintomas uma grande mudança de comportamento, o aumento da agressividade do pet, que começa a atacar pessoas e animais, salivação intensa e o animal para de se alimentar e beber água; no estágio mais crítico da doença ocorrem convulsões e paralisias.


Essa doença é transmitida de um animal contaminado para outro, através de mordidas, arranhões ou contato de secreções ou excrementos; e a vacinação é extremamente importante pelo fácil risco de contágio, principalmente para os animais que vivem em área com animais silvestres ou aqueles que viajam muito para áreas de risco, como sítios e fazendas.


Além disso, a raiva é uma zoonose, o que significa que ela pode ser transmitida dos animais para os humanos, nos quais ela também é bastante agressiva, podendo ser fatal em quase 100% dos casos.


Vacinações contra a raiva são promovidas pelas prefeituras da maioria das cidades do Brasil, entretanto o cuidado com a saúde e a vacinação devem ser regulares durante todo o ano. Cães e gatos com mais de 4 meses de idade, de acordo com o protocolo indicado pelo médico veterinário, devem ser vacinados em dose única e a partir disso, deve ser repetida anualmente.


A raiva é um problema que não coloca somente a vida de seu bichinho em risco, mas também a sua e de toda sua família. Não deixe de vacinar o seu pet e garanta que todos possam viver saudáveis e muito mais felizes.


Fonte: Novva Comunicação

​​​Mundo Animal Rio Preto ​© 2018 

Desenvolvido         Novva Comunicação

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon