Calendário de Vacinação em 2021


Manter os pets protegidos é um dever de seus tutores. Além dos humanos, eles também precisam receber vacinas para estarem protegidos de uma série de doenças que podem prejudicar o desenvolvimento e até levá-los à morte.


Quando se fala de um calendário de vacinação para os bichinhos, é preciso entender que elas são feitas por ciclos, as principais logo nos primeiros dias de vida e depois reforços são estabelecidos pelo veterinário e também diante da região em que o animal vive - campanhas podem ser feitas pelos municípios.


O protocolo mais usado começa aos 45 dias de vida, com a vacina múltipla canina (geralmente V8 ou V10), seguida de 3 a 4 doses a cada 4 semanas. Já a vacina antirrábica é feita em dose única no 4º mês de vida. Mas essa programação pode variar. Cabe apenas ao médico veterinário recomendar qual o momento ideal da vacinação e contra quais doenças o animal deve ser imunizado.


A vacina múltipla e a da raiva devem ter reforço anual durante toda a vida do cãozinho. Inclusive, empresas de aviação e de ônibus só aceitam transportar animais que estão em dia com a carteirinha de vacinação. Apesar disso, entidades internacionais, como a WSAVA (Associação Veterinária Mundial de Pequenos Animais), já publicaram recomendações mais modernas quanto ao período de duração das vacinas.